Menina de oito anos consegue escapar de possível tentativa de estupro no Água Branca

A esperteza de uma menina de apenas oito anos pode ter sido fundamental para que ela escapasse de uma possível tentativa de estupro no bairro Água Branca 3, zona leste de Araçatuba e um dos bairros com maior índice de criminalidade na cidade. Um homem conhecido apenas de vista por alguns moradores do bairro tentou levar a menina para uma mata no final do bairro na manhã desta segunda-feira.

A reportagem do Regional Press apurou que a avó da criança pediu para ir até a casa de bisavó, que fica a quatro quarteirões de distância, para buscar uma chave. A menina saiu de bicicleta e estava demorando para voltar. Um conhecido telefonou para a avó da criança dizendo que tinha visto a menina na companhia de um homem, próximo a mata.

A avó disse que já estava desesperada quando a menina apareceu assustada dizendo que um homem havia pedido para ela entrar com ele na mata, para procurar um cachorrinho, e que se encontrassem, ele daria R$ 100 para a criança. Assustada, a garotinha saiu correndo de volta para casa de sua avó.

Quando conversava com a menina, o home apareceu, também de bicicleta, atrás da menina, e ela o mostrou para sua avó. A mulher questionou o que ele queria com a menina e o homem insistiu na história do cachorrinho. A mãe da garotinha saiu e agrediu o suspeito com uma capacitada e gritou pedindo ajuda para os vizinhos.

O homem fugiu de bicicleta. Populares até tentaram perseguí-lo, mas ele fugiu. Testemunhas disseram que o acusado, que aparenta ter uns 30 anos, teria entrado na mata do Country. Ele não foi localizado. De acordo com moradores, ele teria beijado outras duas crianças na boca, a força, em outras ocasiões.