Os tiros teriam sido disparados na sala da residência e a vítima saiu ferida para a frente da casa, vindo a cair na calçada; autores não foram identificados

Jonathan Felipe Martins Feltrin, 27 anos, não resistiu aos ferimentos após ser baleado no final da tarde em Birigui (SP) e morreu pouco depois das 20h, na Santa Casa da cidade. O óbito foi informado à Polícia Civil por um policial militar, logo após a conclusão do registro do crime.

No boletim de ocorrência consta que por volta das 17h30 a Polícia Militar informou sobre ocorrência de tentativa de homicídio na avenida Sílvio Guarnieri. O Instituto de Criminalística foi acionada para realizar perícia e equipe de policiais civis foram ao local indicado para acompanhar os trabalhos e obter mais informações.

A polícia foi informada que o jovem havia sido atingido por três disparos de arma de fogo, sofrendo dois ferimentos no peito e um no braço esquerdo, e levado com vida pela unidade de resgate do Corpo de Bombeiros para o pronto-socorro municipal.

Ainda no local populares disseram que os disparos teriam sido feitos por dois homens encapuzados, mas sem informar as características físicas dos autores, que teriam deixado o local em um veículo VW Gol prata, sem placas de identificação, seguindo sentido à fábrica de calçados Kidy.

Dentro de casa

A informação inicial passada à polícia foi de que a vítima teria sido baleada na rua. Porém, no local foi possível perceber os tiros teriam sido efetuados dentro do imóvel, na sala, e a vítima saiu ferida para a frente da residência, vindo a cair na calçada.

A perícia não encontrou sinais de arrombamento de portas ou janelas e aparentemente não foram furtados ou roubados pertences de Feltrin. Inclusive no local havia uma moto e capacetes de alto valor comercial e demais objetos de valor, segundo a polícia.

Durante a perícia foram recolhidos projéteis de arma de fogo e outros elementos de interesse da investigação. Um inquérito será instaurado e inicialmente o caso é registrado como homicídio.
Fonte: Hojemais