MP acusa ex-prefeito e empresária de improbidade

O Ministério Público ingressou com um processo por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Buritama Izair dos Santos Teixeira (PPS), uma empresa e sua proprietária por possíveis danos causados aos cofres públicos e por violação aos princípios da administração pública.

Segundo a Promotoria de Justiça, o ex-chefe do Executivo autorizou a abertura de um pregão, que foi vencido pela empresa acusada no processo, para a realização de serviços gerais que poderiam ser executados por servidores municipais, com custo superior ao que seria demandado com a execução direta, sem justificativa.

Além disso, o MP apontou que foi apurado que o edital do procedimento licitatório impunha exigências excessivas para as empresas licitantes. A licitação e o contrato foram julgados irregulares pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo).