Testemunha saiu de casa, mas voltou rapidamente e flagrou o avô da criança tentando abusar no menino

Um pedreiro de 50 anos foi preso em flagrante por estupro de vulnerável na tarde de quinta-feira (4), em General Salgado (SP). Ele foi flagrado pela própria companheira, tentando abusar sexualmente do neto, um menino de 3 anos de idade.

A testemunha contou à polícia que saiu de casa e voltou rapidamente. Para a surpresa dela, o avô da criança estava agachado sobre a cama, tentando abusar sexualmente do menino, que também estava sobre o colchão.

A mulher imediatamente acionou a Polícia Militar, que foi até à casa da família e comunicou o fato ao Conselho Tutelar.

O pedreiro foi detido e a criança levada ao IML (Instituto Médico Legal) para exame de corpo de delito.

O acusado foi apresentado na delegacia da cidade e preso em flagrante por estupro de vulnerável. Ele passou a noite da carceragem do plantão policial de Araçatuba e pela manhã seria apresentado em audiência de custódia.