Conduzia uma Honda PCX e teria invadido a pista contrária quando passava na frente do Aeroclube de Birigui

Jaqueline Meira, 30 anos, moradora no bairro Vila Bandeirantes, em Birigui (SP), morreu ao bater a motoneta que conduzia em um carro na manhã deste domingo na rodovia Deputado Roberto Rollemberg (SP-461). Ela chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, era por volta das 9h quando houve a comunicação para atendimento a ocorrência de acidente de trânsito com vítima no quilômetro 27,5 da estrada. Esse trecho da estrada fica na frente do Aeroclube de Birigui, onde foi constatado que a motoneta Honda PCX conduzida por Jaqueline havia batido em um VW Gol.

Quando os policiais chegaram no local foram informados que a vítima havia sido socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros e levada para o pronto-socorro de Birigui, em estado grave.

Invadiu

O carro era conduzido por um homem de 78 anos. Ele disse à polícia que seguia pela rodovia sentido Buritama, quando a motoneta invadiu a contramão de direção, não havendo tempo para desviar ou frear, ocorrendo a colisão.

Ele concordou em realizar o teste do bafômetro, que deu negativo para ingestão de álcool. O local foi preservado para a realização de perícia e quando os policiais militares foram ao pronto-socorro para qualificar a vítima, receberam a informação de que o estado de saúde dela havia evoluído de grave para óbito.

Foi feito contato com a mãe de Jaqueline para informá-la sobre a morte e para retirar a requisição de exame necroscópico no IML (Instituto Médico Legal), em Araçatuba.
Fonte: Hojemais