DOCUMENTO Nova versão do documento é menor que a antiga

Desde a última desta terça-feira (20), todas as 73 unidades do Poupatempo no Estado de São Paulo passaram a emitir o novo modelo do documento de identidade (RG). A nova versão permite inclusão de dados de outros documentos, incluindo dados da carteira de trabalho (CTPS) e carteira de motorista (CNH).
A cédula da nova versão possui 96 x 65 mm, menor que a antiga com 80 x 110 mm. Outra diferença visual é a impressão digital agora localizada na parte traseira do documento. No modelo antigo, já era possível incluir CPF, tipo sanguíneo e cadastro de NIS, PIS ou Pasep. Com a nova versão, também será possível incluir título de eleitor, carteira de trabalho e previdência social, certificado militar, carteira de habilitação, documento de identidade profissional, cartão nacional de saúde, tipo sanguíneo e NIS/PIS/Pasep. A inclusão das informações é opcional, podendo escolher os registros que quiser para constar na cédula, basta levar os documentos originais no momento da solicitação.
O documento traz o QR Code para dificultar a falsificação, recurso que já era utilizado em alguns estados, como São Paulo. Para inclusão do nome social, há outra novidade: não é necessário alterar o registro civil. Também poderá constar indicativos para portadores de necessidades especiais e códigos referentes ao Código Internacional de Doenças (CID).
A intenção é de que o novo modelo esteja disponível em todo o território nacional até março de 2020, decorrente de decreto federal com o objetivo de padronizar o documento. Será direcionado a quem está tirando a carteira de identidade pela primeira vez ou para aqueles que forem providenciar a segunda via, não se fazendo necessária a troca por documentos nos modelos antigos.
Segundo Solange Pancelli, administradora do Poupatempo Araçatuba, o grande diferencial da nova versão é a praticidade proporcionada ao cidadão devido à inclusão de diversos itens. “Fica bem mais prático ter vários documentos em apenas um físico. Além de ser um atendimento à demanda da população, que pedia, especialmente, pela inclusão do nome social e do CID”, afirma.
O custo para a segunda via do documento continua o mesmo, no valor de R$39,80. Neste ano, o Poupatempo Araçatuba já emitiu cerca de 15 mil documentos de identidade, com uma média de 2 mil por mês.