Prefeitura confirmou que pela alta demanda faltou cilindros pela manhã, mas à tarde a empresa fez entrega

Um paciente que está em tratamento no pronto-socorro de Birigui (SP) passou um dia sem tomar banho e impossibilitado de realizar um exame de tomografia por falta de oxigênio. Segundo denúncia feita ao Hojemais Araçatuba , era necessário um tubo de oxigênio portátil para locomoção do paciente dentro do pronto-socorro, mas o equipamento estava em falta.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura no início da tarde após informação de que estaria faltando oxigênio no PS, mas a informação foi de que o abastecimento estava normal.

Entretanto, no início da noite houve nova denúncia. A informação recebida foi de que havia um paciente sem tomar desde ontem devido à falta do oxigênio.

Tomografia

Esse paciente teria apresentado piora no quadro clínico e precisava fazer uma tomografia no pulmão. Porém, o procedimento não havia sido realizado até esta o início da noite, também porque não havia como transportá-lo até o setor do tomógrafo devido à falta do cilindro de oxigênio medicinal, necessário devido ao quadro clínico do paciente.

Houve novo contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura e desta vez a direção do pronto-socorro de Birigui confirmou o problema, mas afirmou que já havia sido solucionado. “Pela alta demanda de atendimentos, estava faltando cilindros de manhã, mas agora a tarde a empresa entregou mais cilindros pequenos”, informa em nota.

A reportagem apurou que familiares do paciente tinham a informação de que uma empresa havia feito entrega de cilindros de oxigênio no PS.

Após a reportagem fazer contato com o pronto-socorro, recebeu a confirmação de familiares de que havia sido providenciado um cilindro de oxigênio e o paciente fez o exame de tomografia.

“Pela alta demanda de atendimentos, estava faltando cilindros de manhã, mas agora a tarde a empresa entregou mais cilindros pequenos”, informa em nota.

A reportagem apurou que familiares do paciente tinham a informação de que uma empresa havia feito entrega de cilindros de oxigênio no PS durante o dia, apesar de o paciente ainda não ter recebido o equipamento.

Após a reportagem fazer contato com o pronto-socorro durante a noite, recebeu a confirmação de familiares de que havia sido providenciado um cilindro de oxigênio e o paciente fez o exame de tomografia.
Fonte: Hojemais