Morador em Glicério teve a morte cerebral constatada durante tratamento após sofrer traumatismo craniano

Os rins de um homem de 70 anos, morador em Glicério (SP), foram captados na Santa Casa de Araçatuba, por equipe do Hospital de Base de São José do Rio Preto, em procedimento realizado no sábado (16).

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, essa foi a quinta capitação realizada na Santa Casa neste ano. O paciente foi internado na quarta-feira (13) em quadro clínico grave, decorrente de traumatismo craniano. Não há informações sobre em que condições ocorreu o ferimento.

O protocolo para investigação de morte encefálica foi concluído na sexta-feira (15) e Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante consultou os familiares, que autorizaram a doação dos órgãos.

Entretanto, exames apontaram a viabilidade de captação dos rins, sendo que demais órgãos não foram coletados por fatores de incompatibilidade. Os rins foram disponibilizados à Central Nacional de Transplantes, responsável por localizar receptor na fila de espera, considerando a compatibilidade com o doador, dentre outros critérios.