Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses, foi uma das três crianças que morreram no ataque, que também tirou a vida de duas funcionárias da unidade de ensino em Saudades.

O pai de Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses, uma das cinco vítimas do atentado em uma creche de Saudades, no Oeste Catarinense, na terça-feira (4) disse que a família está desolada após a perda da menina. Leonardo Felipe Fernandes de Barros afirma que não conhecia o suspeito e que a família ainda não sabe como vai enfrentar o luto.

“Não tenho palavras para explicar [o que estou sentindo]. Só existe um buraco em nossos peitos que nunca vai sarar”, disse.
O pai da criança relembrou os bons momentos que passou com a filha. Segundo ele, Anna Bela era carinhosa e meiga com todos ao seu redor.

Nas redes sociais da família, parentes e amigos lamentaram a morte prematura da segunda filha do casal. “Meus sentimentos a vocês nesse momento de tamanha dor e sofrimento. Sintam-se fortemente abraçados”, escreveu uma amiga da família.

Veja quem são as vítimas do atentado

Durante a tarde de terça-feira, moradores de Saudades prestaram homenagens às vítimas com fotos e flores deixadas em frente à creche.

O velório das cinco vítimas é coletivo, segundo a prefeitura, no Parque de Exposições Theobaldo Hermes, onde funciona o ginásio da cidade. No local, uma missa de corpo presente será celebrada as 9h na quarta-feira (5).

Atentado
O suspeito, um jovem de 18 anos, invadiu a escola infantil Pró-Infância Aquarela armado com duas facas. O homem esfaqueou e matou, segundo a Polícia Civil, três crianças e duas funcionárias da unidade. Um bebê de 1 ano e 8 meses também foi ferido. Ele foi socorrido, passou por cirurgia e ficou na UTI.

O suspeito foi contido pela vizinhança e preso pela polícia. Ele deu golpes contra o próprio corpo e está internado em estado grave, segundo o delegado Jerônimo Ferreira.