Volante interessa ao Barcelona, da Espanha, onde a janela se transferências fecha na sexta

Palmeiras conta com venda de Matheus Fernandes para buscar Rony e mais reforços

Cesar Greco / Ag. Palmeiras

A negociação para a venda de Matheus Fernandes ao Barcelona ainda não foi concluída pelo Palmeiras. Até por isso, como recomendação da diretoria, a comissão técnica mantém o volante treinando à parte na Academia de Futebol.

Há exatamente duas semanas, o negócio avançou consideravelmente. O Palmeiras aceitou a proposta de sete milhões de euros (pouco mais de R$ 32 milhões), mais quatro milhões de euros (R$ 18,5 milhões) como bônus por metas alcançadas. De lá para cá, porém, a alegação é de que ainda há questões burocráticas a serem resolvidas.

Tanto na semana em que o elenco esteve nos Estados Unidos para a disputa do Torneio da Flórida quanto no retorno ao Brasil, Matheus Fernandes não treinou com o restante do grupo. Apenas uma vez ele participou de um trabalho tático em espaço reduzido.

Na ocasião, a comissão técnica explicou que eventualmente precisaria mantê-lo em atividade mais intensa. Na última segunda-feira, exceção feita aos titulares, ele foi o único jogador à disposição a não entrar no jogo-treino contra o Pouso Alegre, no centro de treinamento.

Ocorre que Palmeiras e Barcelona precisam sacramentar a venda até 31 de janeiro, sexta-feira, quando fecha a janela de registros do futebol espanhol. A transferência de Gustavo Scarpa para o Almería (que também ofereceu sete milhões de euros), por exemplo, melou.