Um desempregado de 27 anos, morador no bairro Jardim Ipanema, em Birigui, foi preso pelo GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba na manhã desta quinta-feira (22), ao ser flagrado baixando arquivos contendo pornografia infantil. A prisão aconteceu durante a terceira etapa da operação Luz na Infância, realizada em todo país para combater a pornografia infantil.

Por volta das 6h30, os investigadores foram à casa do acusado em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Segundo a polícia, o desempregado estava na residência e, durante a vistoria no imóvel, o celular dele e um notebook eram utilizados para baixar arquivos relacionados a sexo entre crianças e adolescentes.

No computador dele, havia mais de 20 arquivos sendo baixados com conteúdo pornográfico infantil, alguns deles de crianças e adolescentes com idades que variam de 11 a 15 anos.

Ainda de acordo com o apurado pela reportagem, ao ser flagrado pelos policiais, o desempregado confessou que acessa esse tipo de conteúdo há cerca de dois anos. Ao ser informado que seria preso, ele pediu a um dos policiais que desse um tiro na cabeça dele.

O notebook e o celular do acusado foram apreendidos e levados para a delegacia de Birigui e serão encaminhados para perícia pelo IC (Instituto de Criminalística). Além dos arquivos que eram baixados, também foram encontrados vários outros armazenados.

Crimes

Ele foi preso em flagrante por distribuir, publicar ou divulgar materiais com cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente e por armazenar esse tipo de material.

Para o primeiro crime, a pena varia de 3 a 6 anos de reclusão e multa e, para o segundo, de 1 a 4 anos e multa. Não há direito a fiança na fase policial, por isso, o acusado seria apresentado em audiência de custódia.

fonte: Folha da Região