Um televisor furtado foi recuperado, mas o outro ele disse ter destruído com um martelo quando estava “chapado”

Um pedreiro de 43 anos, morador no bairro Castelo Branco, em Araçatuba (SP), foi detido na noite de domingo (3), acusado de furtar dois televisores e outros objetos na escola Prof.ª Faustina Maximiano do Amaral, no bairro Aviação, na madrugada anterior.

Um televisor furtado foi recuperado, mas o outro ele disse ter destruído com um martelo quando estava “chapado”.

Segundo o boletim de ocorrência, guardas municipais em patrulhamento por volta das 23h30 de domingo, viram o investigado na calçada da escola.

Ele foi reconhecido como sendo o autor do furto na madrugada anterior, já que a escola tem câmeras de monitoramento. Na ocasião foram furtados dois televisores, um rádio e um liquidificador.

Quando os guardas desceram da viatura para abordá-lo, ele correu e se escondeu sobre o telhado de uma residência abandonada, mas acabou detido.

Inicialmente o acusado negou o furto, mas depois confessou e levou os guardas até o fundo dessa casa abandonada, onde costuma dormir. No local estava um dos televisores furtados e o rádio.

Os pedaços do outro televisor, que o pedreiro alegou ter destruído, não foram localizados. O liquificador também não foi recuperado.

Os guardas ainda apreenderam uma porção de maconha e um cachimbo que estava com o acusado, que foi apresentado no plantão policial e liberado em seguida, mas será indiciado por furto.

Os objetos recuperados foram devolvidos para a direção da escola.

 

Fonte: Hojemais