O resultado complicou o time da casa, que segue com apenas dois pontos dentro da zona do rebaixamento

Com a vitória, a Portuguesa Santista chega aos dez pontos, ocupando a terceira colocação. O Água Santa Lidera com 13, enquanto Taubaté, Rio Claro e XV de Piracicaba dividem a vice-liderança, todos com os mesmo dez pontos.
O Penapolense, com apenas dois pontos, se complica ainda mais na briga contra o rebaixamento e está na penúltima colocação, acima apenas do Sertãozinho, que ainda não pontuou, mas joga mais tarde contra a Portuguesa, no Canindé, em partida que fecha a rodada.

CAP SAI NA FRENTE
Mais ligado na partida, o Penapolense demorou apenas quatro minutos para abrir o placar. Osmar aproveitou falha na saída de bola adversária com o goleiro John, ficou na cara do gol e deixou os visitantes em vantagem.

Após o susto, a Portuguesa Santista melhorou na partida e passou a criar as principais chances de gol. Com Sol forte na manhã de domingo e muita marcação, o primeiro tempo foi desgastante e, apesar de buscar o ataque, o time visitante não conseguiu finalizar com muito perigo.

VIRADA DA BRIOSA
De tanto insistir, o time visitante chegou ao empate aos 29 minutos, em bela jogada de Carlos Alberto. O meia pegou a sobra dentro da área, girou em cima da marcação e bateu cruzado, sem chance de defesa para o goleiro Samuel Pires.
Aos 42, Rayllan ainda virou a partida. O jogador que saiu do banco arriscou de fora da área e acertou com precisão no canto direito de Samuel Pires para dar a vitória aos visitantes.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da sexta rodada da Série A2. No sábado, o Penapolense enfrenta a Inter de Limeira, no Major Levy Sobrinho. No domingo, a Portuguesa Santista recebe o Água Santa, no Ulrico Mursa.