Cinco pessoas de Birigui foram presas na manhã desta terça-feira (4) pela Polícia Federal de Araçatuba, durante a Operação “ROTA GUATAMBU”, deflagrada para desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico interestadual de drogas.

O nome é uma referência à rodovia Senador Teotônio Vilela, também chamada de Guatambu, que liga Araçatuba e Birigui, e seria a principal via para a distribuição da droga pelos investigados na região.

De acordo com nota divulgada à imprensa, a investigação durou sete meses e apurou que a organização criminosa adquiria grande quantidade de maconha no Estado do Mato Grosso do Sul e trazia para São Paulo, para ser distribuída principalmente em Araçatuba, Birigui e região.

Durante a investigação foram apreendidas sete toneladas de maconha, 12 veículos e um revólver. Além disso, 13 pessoas foram presas em flagrante acusadas de pertencer ao grupo criminoso.

Operação

Com base nas informações obtidas pela investigação, a Polícia Federal requereu à Justiça a expedição de 17 mandados de busca e apreensão e 28 mandados de prisão que foram cumpridos nesta manhã nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás.

A operação contou com um efetivo de 81 Policiais Federais e os investigados serão indiciados por tráfico interestadual de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. Somadas, as penas podem chegar a 33 anos de prisão.

Os presos na região foram apresentados na Delegacia Federam de Araçatuba e após o registro da ocorrência, serão encaminhados à cadeia de Penápolis.

fonte: Folha da Região