Antigo Hospital da Mulher funcionará como apoio ao pronto-socorro e à Santa Casa; município quer credenciar mais 23 leitos


A Prefeitura de Araçatuba (SP) está transferindo pacientes com sintomas de covid-19 que estavam em tratamento no pronto-socorro municipal para o antigo Hospital da Mulher. Segundo o que foi informado pela administração municipal, o espaço funcionará como apoio ao próprio PS e à Santa Casa.

Inicialmente foram disponibilizados dez leitos dos 33 disponíveis que foram preparados no ano passado, mas que não havia demanda. A Secretaria Municipal de Saúde informa que já protocolou pedido ao governo do Estado para o credenciamento dos outros 23 leitos clínicos.

Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira (23), a Prefeitura informa que a transferência dos pacientes teve início ontem e explica que o Hospital Municipal não fará atendimento direto aos pacientes.

Assim, as pessoas que estiverem com sintomas de covid-19 e precisarem de atendimento deverá procurar os demais serviços de saúde, como sempre aconteceu. O encaminhamento ao Hospital Municipal será feito pelo pronto-socorro ou pela Santa Casa, de acordo com a necessidade.

Ainda de acordo com a Prefeitura, para colocar a enfermaria do HM em funcionamento são necessárias equipes de saúde compostas por médico, fisioterapeuta, enfermeiros, nutricionista, entre outros profissionais.

Diante da nova demanda, o prefeito Dilador Borges (PSDB) publicou decreto permitindo que os serviços de saúde se unam para contratar os profissionais com mais agilidade.

Em nota, o diretor técnico do pronto-socorro municipal, Carlos Mori, explica que todos os passos para a abertura do novo hospital foram baseados em critérios epidemiológicos, clínicos e observando os sintomas respiratórios dos pacientes.


Fonte: Hojemais