Acidente em pista de pouso particular deixou seis mortos em Porto Nacional.

O acidente com o avião que levava integrantes do Palmas Futebol e Regatas neste domingo (25) ainda tem muitas perguntas sem resposta. Confira o que já se sabe sobre a tragédia e o que ainda falta esclarecer.

Quando foi o acidente?
A queda do avião foi logo após a decolagem, por volta das 8h30 deste domingo (24). Os relatos das testemunhas indicam que o choque com o solo foi segundos após a tentativa de levantar voo e que logo em seguida houve duas explosões.

Onde foi o acidente?
A cerca de 25 quilômetros de Palmas. A pista de onde o avião ia decolar é particular e pertence à Associação Tocantinense de Aviação (ATA). O local é no território do distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. A queda da aeronave foi a aproximadamente 500 metros da cabeceira da pista.

Pra onde o avião ia?
O avião levaria os jogadores e o dirigente do Palmas para Goiânia. A equipe enfrentaria o Vila Nova, pela Copa Verde. A partida foi adiada após o acidente e não tem nova data para acontecer.

Quais são as causas da queda?
Ainda não há informações sobre o que pode ter causado o acidente. Uma equipe do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VI), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), localizado em Brasília (DF) foi acionada. Não há previsão de quanto tempo a apuração do caso deve levar.