O percentual do reajuste salarial se refere à aplicação do INPC/IBGE nos 12 meses anteriores à data-base

Comerciários de 15 municípios da região de Araçatuba (SP) conquistaram reajuste salarial de 10,42% retroativo a 1º de setembro, data-base da categoria. O reajuste salarial foi oficializado no dia 13 deste mês por meio de CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), firmada entre o Sincomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio de Araçatuba e Região) e o Sindicato do Comércio de Penápolis (patronal), presididos por José Carlos dos Santos e Júlio César Galinari.

Os 15 municípios cujos comerciários serão beneficiados pela CCT são Bento de Abreu, Bilac, Braúna, Brejo Alegre, Clementina, Coroados, Gabriel Monteiro, Glicério, Guararapes, Lavínia, Mirandópolis, Piacatu, Rubiácea, Santópolis do Aguapeí e Valparaíso. O Sincomerciários e o Sincomércio de Penápolis são as entidades sindicais que atendem empregados e empregadores desses municípios.

O percentual do reajuste salarial se refere à aplicação do INPC/IBGE (Índice Nacional de Preços ao Consumidor/Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia) nos 12 meses anteriores à data-base e beneficiará cerca de 12 mil trabalhadores. Com os 10,42%, o menor salário passou a ser R$ 1.217,00 (empacotador e office-boy), seguido pelo dos faxineiros e copeiros (R$ 1.462,00), funcionários em geral (R$ 1.655,00), operador de caixa (R$ 1.777,00) e o piso do comerciário comissionista (R$ 1.941,00).

Além de reajuste dos salários, constam da CCT direitos econômicos e sociais dos trabalhadores, como pagamento de diárias pelo trabalho nos feriados e bônus de um ou dois dias no salário de outubro referente ao Dia do Comerciário.

Entre os direitos sociais, o destaque das duas últimas convenções é o plano de assistência odontológica. Para os empregadores, a CCT garante a abertura do comércio nos feriados (exceto Natal, Ano Novo e 1º de Maio) e horários especiais em datas festivas e no final do ano.

Fonte: Hojemais