Sem Carlos, lateral-esquerda volta a ser incógnita no Corinthians


Depois de 22 partidas oficiais na temporada, o técnico Tiago Nunes ainda tenta encontrar o time ideal do Corinthians. A lateral-esquerda, que parecia acertada com Carlos Augusto, voltou a ser uma incógnita depois que o clube liberou o jogador para negociar com um time italiano.

Sem o jogador de 22 anos nos últimos quatro jogos, Tiago Nunes apostou em dar oportunidades para Sidcley, que está emprestado ao clube até o final da temporada. O camisa 16, entretanto, tem mostrado irregularidade nas partidas em que atuou. Antes da parada foram quatro jogos, dois como titular. Já no retorno das competições, entrou no segundo tempo de cinco partidas e começou como titular em outras quatro.

No empate com o Fortaleza, na última quarta-feira, Sidcley acabou muito criticado por parte da Fiel por chegar atrasado na marcação de Romarinho no lance do gol que abriu o placar para o time cearense no segundo tempo. Apesar da fragilidade defensiva, o lateral teve algumas boas aparições no ataque.

Outra alternativa é Lucas Piton, que subiu com grande expectativa no começo do ano, depois de ser um dos destaques do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar do talento, a inexperiência joga contra o jovem de 19 anos.