Campeão da Libertadores enfrentará o representante da Concacaf ou da AFC na semifinal do Mundial no dia 7 de fevereiro. Bayern pega Al Duhail, do Catar, ou Al Ahly, do Egito

O representante brasileiro no Mundial de Clubes não terá vida fácil na semifinal. O sorteio realizado nesta terça-feira em Zurique, na Suíça, colocou o Tigres, do México, ou o Ulsan, da Coreia do Sul, na rota de Palmeiras ou Santos, finalistas da Copa Libertadores.

O representante da Conmebol, assim como o da Uefa (Bayern), já começam na semifinal. Como o Auckland City desistiu de sua participação em função da Covid-19, o torneio começará na fase quartas de final, com dois confrontos: Tigres (Concacaf) x Ulsan (AFC) e Al Duhail (país-sede) x Al Ahly (CAF).

Galvão cita títulos mundiais após finais brasileiras na Libertadores e brinca: “Comece a tremer, Neuer”
Para preservar isolamento na Nova Zelândia, Auckland City fica fora do Mundial de Clubes
Fifa testará substituição extra por concussão no Mundial

A Fifa fez adaptações em sua tabela em função da saída do Auckland. Os estádios confirmados foram o Education City, de Doha, e o Ahmad Bin Ali, de Al Rayyan. Não haverá mais partidas no Khalifa International, que iria receber duas delas.

O campeão da Libertadores (Santos ou Palmeiras) estreia no dia 7 de fevereiro, no Education City, contra o Tigres ou Ulsan. Esse será o mesmo palco da grande decisão do Mundial de Clubes, no dia 11 de fevereiro.

Já o Bayern estreará no dia 8, no Ahmad Bin Ali Stadium, contra o vencedor de Al Ahly e Al Duhail.

Veja os participantes do Mundial de Clubes:

Bayern (Alemanha) – campeão da Europa
Ulsan (Coreia do Sul) – campeão da Ásia
Al Ahly (Egito) – campeão da África
Tigres (México) – campeão das Américas Central e do Norte
Al Duhail (Catar) – campeão nacional do Catar
Santos ou Palmeiras (Brasil) – campeão da Libertadores