Duas acusadas são irmãs e estavam com 47 frutas no porta-malas do carro; outro acusado é companheiro de uma delas

Duas irmãs, uma com 24 e a outra com 28 anos, e o companheiro de uma delas, um vendedor de 25 anos, foram presos na madrugada desta terça-feira (23) acusados de furto de melancias. O crime aconteceu em uma roça em Alto Alegre (SP) e os acusados moram em Penápolis. Com eles foram apreendidas 53 frutas furtadas.

O flagrante foi feito por policiais militares que pouco antes das 2h foram comunicados do furto na propriedade rural. Chegando no local, os investigados já haviam deixado a lavoura em dois carros.

As duas mulheres estavam em um VW FOX que foi encontrado no quilômetro 3 da rodovia Raul Forchero Casasco (SP-419), que liga Alto Alegre a Penápolis. Ao vistoriar o veículo, os policiais encontraram 47 melancias no porta-malas e elas confessaram o crime.

Também foi localizado um cigarro de maconha parcialmente consumido no carro. A mulher de 28 anos afirmou que havia feito uso do entorpecente. As duas ainda relataram que estavam com os respectivos companheiros, que deixaram a roça de melancias em outro carro, mas não sabiam onde eles estavam.

As mulheres foram levadas para a delegacia em Penápolis e enquanto era registrado o boletim de ocorrência, houve a informação de que o investigado havia sido abordado por outros policiais militares conduzindo um GM Vectra.

No carro dele foram encontradas mais seis melancias e ele também foi levado para a delegacia. Em depoimento formal, os aacusados optaram por não se pronunciar. Eles foram presos em flagrante por furto qualificado e ficaram à disposição da Justiça.

As melancias foram devolvidas à vítima, o FOX foi apreendido por pendências administrativas e o Vectra liberado para pessoa indicada pelo proprietário.
Fonte: Hojemais