Universidade estadual oferece 3.237 vagas em 69 cursos de graduação. Primeira fase será realizada em janeiro, enquanto segunda irá ocorrer em fevereiro; confira calendário.

A Unicamp encerra nesta terça-feira (8) as inscrições para o vestibular 2021, que terá provas em janeiro e fevereiro por causa da pandemia do novo coronavírus. Nesta edição, a universidade oferece 3.237 vagas em cursos de graduação, e os interessados devem preencher cadastro no site da comissão organizadora (Comvest) e pagar uma taxa R$ 170 – caso não tenha sido contemplado por isenção.

O total de oportunidades inclui 639 cadeiras que seriam destinadas inicialmente para a seleção de candidatos por meio de notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Entretanto, em caráter excepcional, a instituição cancelou este vínculo diante da incompatibilidade entre calendários.

As vagas estão distribuídas em 69 cursos oferecidos nos campi de Campinas (SP), Limeira (SP) e Piracicaba (SP). A Comvest diz que o processo vai considerar as dificuldades educacionais impostas pela crise sanitária e entre as medidas adotadas no exame estão diminuições no total de questões de múltipla escolha – de 90 para 72 – além de redução da lista de livros obrigatórios.

Novas cidades com provas
Além das 31 cidades paulistas que receberam provas do vestibular anterior, a Comvest incluiu outras duas do Estado com objetivo de evitar aglomerações de estudantes e para reduzir deslocamentos: Barueri (SP) e Fernandópolis (SP). A Unicamp manteve também a prova em São Paulo e mais cinco capitais estaduais: Salvador (BA), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Fortaleza (CE).